.

0 item(s)

EBSERH - Farmacêutico - Conteúdo Básico + Específico

Duplo clique na imagem para vê-la ampliada

Reduzir
Aumentar

Mais visualizações

EBSERH - Farmacêutico - Conteúdo Básico + Específico

Descrição rápida

Composição do curso : Vídeo Aulas + PDF + Tutoria
Carga Horária Total: 210 h/a
Duração: até 13 de Maio de 2018.

Availability: Em estoque

R$810,00

Detalhes

O IFAR é o curso mais TRADICIONAL e o que MAIS APROVA na área de SAÚDE e outros ESPECÍFICOS, desde 2005.

Confira nossos resultados:
- 1º lugar SES/DF 2014.
- 1º e 2º colocados ANVISA 2013.
- 1º e 2º colocados ATPS MPOG Saúde 2012.
- 1º Lugar Ministério da Saúde 2009.
- 1º colocado Farmacêutico SES/DF 2006 e 2011.

Entre outros milhares de aprovados.


SOBRE O INSTITUTO:A Rede Ebserh abriu concurso público nacional com 1.196 vagas para 35 hospitais universitários federais, além da sede da estatal vinculada ao Ministério da Educação. A novidade do concurso é o formato, dividido por região. Na nova configuração, o candidato pode escolher até três opções de unidades da Rede Ebserh para sua lotação. O edital foi publicado no dia 22/03/2018 no Diário Oficial da União. As inscrições para as áreas assistencial e administrativa se iniciam no dia 26 de março e no dia 27 para médicos. O prazo para todos se encerra no dia 10 de abril. fonte: Ministério da Educação


1. Carga horária total: 210 h/a (segundo o padrão estabelecido pelo MEC)
2. Composição do curso: Videoaulas + PDF das aulas
3. Início: imediato
4. Duração do acesso ao curso: até 13 de Maio de 2018.
5. Adequação do conteúdo ao previsto no edital: As aulas são montadas pelo professor da disciplina e os conteúdos são por ele selecionados considerando a relevância da informação disposta no edital.
6. Contato com a coordenação: cursos.ifar@gmail.com
7. Exercícios: a quantidade de questões resolvidas em cada videoaula é definida pelo professor em função da conveniência e da necessidade imposta pelo conteúdo.
8. Material didático do curso: apostila em pdf com os slides da aula ministrada.


* Remuneração inicial: R$ 5.896,67.

* Edital:








CONHECIMENTOS BÁSICOS

LÍNGUA PORTUGUESA.

1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados.
2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais.
3 Domínio da ortografia oficial.
4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais.
5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos.
6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICO.

1 Estruturas lógicas.
2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões.
3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas. 3.2 Tabelas‐verdade. 3.3 Equivalências. 3.4 Leis de De Morgan. 3.5 Diagramas lógicos.
4 Lógica de primeira ordem.
5 Princípios de contagem e probabilidade.
6 Operações com conjuntos.
7 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais

LEGISLAÇÃO APLICADA A EBSERH

1 Lei Federal nº 12.550/2011.
2 Decreto nº 7.661/2011.
3 Regimento Interno da EBSERH – 3ª revisão.
4 Código de Ética e Conduta da Ebserh – Princípios Éticos e Compromissos de Conduta – 1ª edição – 2017.
5 Lei nº 13.146/2015 e suas alterações (Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência – Estatuto da Pessoa com Deficiência).

LEGISLAÇÃO APLICADA AO SUS

1 Evolução histórica da organização do sistema de saúde no Brasil e a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) – princípios, diretrizes e arcabouço legal.
2 Controle social no SUS.
3 Resolução nº 453/2012 do Conselho Nacional de Saúde.
4 Constituição Federal, artigos de 194 a 200.
5 Lei nº 8.080/1990, Lei nº 8.142/1990 e Decreto Presidencial nº 7.508/2011.
6 Determinantes sociais da saúde.
7 Sistemas de informação em saúde.


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
1. Código de Ética Farmacêutica.
2. Legislação farmacêutica: Lei nº 5.991/1973, Lei nº 3.820/1960, Decreto nº 85.878/1981, Decreto nº 74.170/1974, Lei nº 9.772/1999, Portaria nº 344/1998, RDC nº 302/2005.
3. Farmácia hospitalar: estrutura organizacional, estrutura administrativa, conceito, medicamentos controlados, medicamentos genéricos, medicamentos excepcionais, padronização de medicamentos.
4. Controle de infecção hospitalar.
5. Planejamento e controle de estoques de medicamentos e correlatos.
6. Farmacocinética e farmacodinâmica: introdução à farmacologia; noções de ensaios biológicos; vias de administração e manipulação de formas farmacêuticas magistrais e oficinais; absorção, distribuição e eliminação de fármacos; biodisponibilidade e bioequivalência de medicamentos; interação droga‐ receptor; interação de drogas; mecanismos moleculares de ação das drogas.
7. Fármacos que agem no sistema nervoso autônomo e sistema nervoso periférico: parassimpatomiméticos; parassimpatolícos; simpatomiméticos; simpatolíticos; anestésicos locais; bloqueadores neuromusculares.
8. Fármacos que agem no sistema nervoso central: hipnoanalgésicos; anestésicos gerais; tranquilizantes; estimulantes do SNC; anticonvulsivantes; autacóides e antagonistas; antiinflamatórios não esteroides; antiinflamatórios esteroides; farmacologia ‐ interações medicamentosas, agonistas, antagonistas, bloqueadores neuromusculares, anestésicos, anti‐ inflamatórios, cardiotônicos, anti hipertensivos e antibióticos. 8 Reações adversas a medicamento; interações e incompatibilidade medicamentosas.
9. Farmacotécnica ‐ formas farmacêuticas para uso parenteral, formas farmacêuticas obtidas por divisão mecânica, formas farmacêuticas obtidas por dispersão mecânica.
10. Manipulação de medicamentos, produção de antissépticos e desinfetantes, preparo de soluções.
11. Conceitos: molaridade, normalidade. Padronização de técnicas e controle de qualidade.
12. Métodos de extração e isolamento de produtos naturais; desenvolvimento e validação de métodos analíticos, ensaios farmacopeicos de controle de qualidade; métodos cromatográficos e espectrométricos de análises: fundamentos e aplicações; técnicas modernas na investigação de produtos naturais: biotecnologia, preparo, diluição e padronização de soluções.
13. Nanotecnologia farmacêutica.
14. Biossegurança.
15. Análise de protocolos e relatórios de estudos de Equivalência Farmacêutica e Perfil de Dissolução; Análise de protocolos e relatórios de Bioequivalência; Notificação de matérias primas reprovadas à ANVISA; Atividades de implantação da Farmacovigilância seguindo recomendações da Anvisa.
16. Procedimentos pré‐analíticos: obtenção; conservação; transporte e manuseio de amostras biológicas destinadas à análise, coleta, manipulação, preparo e transporte de sangue, urina e fluidos biológicos.
17. Procedimentos analíticos aplicados às principais dosagens laboratoriais: Análises bioquímicas de sangue, urina e fluidos biológicos; bioquímica clínica; citologia de líquidos biológicos.
18. Bioquímica – valores de referência.
19. Função renal. Equilíbrio hídrico, eletrolítico e ácido‐básico. Gasometria. Carboidratos: classificação dos carboidratos, metabolismo e métodos de dosagem da glicose. Lipídeos: metabolismo e métodos de dosagem. Lipoproteínas: classificação e doseamento. Proteínas específicas: classificação e métodos de dosagem.
20. Função hepática: correlação com enzinas séricas, metabolismo da bilirrubina, métodos laboratoriais, correlações clínico‐patológicas. Enzimologia clínica: Princípios, correlações clínico‐patológicas.
21. Função endócrina: hormônios tireoideanos e hormônios sexuais. Compostos nitrogenados não protéicos, cálcio, fósforo, magnésio e ferro. Métodos de dosagem, correlações clínico‐patológicas; hematologia, hemostasia e imunohematologia; Urinálise – coleta, testes químicos, testes físicos, procedimentos de análise, exame microscópico do sedimento; microbiologia clínica (bacteriologia, micologia, virologia e parasitologia); anticorpos: imunidade humoral, imunidade celular.
22. Imunologia nas doenças nas doenças infecciosas.
23. Métodos para detecção de antígenos e anticorpos: reações de precipitação, aglutinação, hemólise, imunofluorescência; testes imunoenzimáticos. imunoglobulinas; sistema complemento; reações sorológicas (aglutinação, precipitação, imunofluorescência) e rotina hematológica (hemostasia, coagulação, anemias e hemopatias malignas).
24. Aspectos hematológicos nas infecções bacteriana e viral.
25. Leucemias.
26. Observações gerais para todas as dosagens, curvas de calibração; colorações especiais e interpretação de resultados.
27. Controle de qualidade e biossegurança em laboratórios de pesquisa, de análises clínica e biologia molecular.
28. Testes diagnósticos da coagulação plasmática.
29. Classificação sanguínea ABO/Rh.
30. Teste de Coombs.
31. Prova cruzada.
32. Normas gerais de serviços de hemoterapia; doação de sangue; critérios para triagem laboratorial de doador de sangue; hemocomponentes, hemoderivados: métodos de preparação, armazenamento, transporte, testes e análise de controle de qualidade hemovigilância de incidentes transfusionais imediatos e tardios.
33. Biossegurança em hemoterapia.



Os vídeos possuem duração aproximada de 30 minutos. Cada aula pode ser visualizada por quatro vezes. A aula é considerada como visualizada a partir do encerramento do vídeo ou da finalização da sessão na qual o aluno está conectado ao ambiente do curso. Não é possível o acesso de dois IPs simultaneamente (utilizando o mesmo usuário)




Tags do produto

Use espaços para separar tags. Use aspas simples (') para frases.


SiteLock