.

0 item(s)

IGP - SC - Odontolegista - Completo

Duplo clique na imagem para vê-la ampliada

Reduzir
Aumentar

Mais visualizações

IGP - SC - Odontolegista - Completo

Descrição rápida

Composição do curso : Videoaulas + Tutoria
Carga horária: 230 h/a
Início: Imediato.
Duração do acesso ao curso: até 03/12/2017.
IFAR: O curso que aprovou os 5 primeiros colocados no concurso para Perito PCDF 2016.

Os nossos conteúdos específicos são ministrados por professores peritos criminais!

Availability: Em estoque

Preço normal: R$1.500,00

Preço especial: R$225,00

Detalhes




1. Carga horária total: 230 h/a (segundo o padrão estabelecido pelo MEC)
2. Composição do curso: videoaulas + tutoria
3. Início: Imediato.
4. Duração do acesso ao curso: até 03/12/2017
5. Banca contratada: IESES.
6. Quantidade de vagas: 01.
7. Adequação do conteúdo ao previsto no edital: As aulas são montadas pelo professor da disciplina e os conteúdos são por ele selecionados considerando a relevância da informação disposta no edital.
8. Contato com a coordenação: cursos.ifar@gmail.com
9. Exercícios: a quantidade de questões resolvidas em cada videoaula é definida pelo professor em função da conveniência e da necessidade imposta pelo conteúdo.
10. Material didático do curso: apostila em pdf com os slides da aula ministrada.
11.A disponibilização do conteúdo será feita de forma gradual.


INSTITUTO GERAL DE PERÍCIAS – IGP, foi criado em 31/01/2005, pela Emenda Constitucional nº 039, do Estado de Santa Catarina, que lhe deu autonomia funcional e administrativa e o vinculou diretamente à Secretaria de Segurança Pública, sendo estruturado atualmente em quatro institutos, a saber: Instituto de Análises Forenses – IAF, Instituto de Criminalística – IC, Instituto de Identificação Civil e Criminal – II e o Instituto Médico Legal – IML, bem como, conta ainda com sua própria Academia de Perícia – ACAPE e com sua própria Corregedoria.

Em 2016, na PCDF, o IFAR aprovou para todas as 5 vagas para Farmacêuticos, 10 alunos das 11 vagas para Biólogos e 5 das 8 vagas para químicos!

* Vencimento: R$ 15.820,84

* Vagas: 01 vaga.

* Edital 2017 (Após a retificação)



CONHECIMENTOS BÁSICOS

1.Língua Portuguesa: Ortografia oficial. Acentuação. Classes de palavras. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Crase. Pontuação. Significação das palavras. Homônimos e parônimos. Emprego de maiúsculas e minúsculas. Redação oficial: formas de tratamento, correspondência oficial. Compreensão e interpretação de texto.

2.Inglês: Leitura, compreensão e interpretação de textos. Vocabulário. [As questões serão formuladas na língua inglesa].

3.Noções de Direito
3.1 Noções de Direito Penal: Infração penal: elementos, espécies. Sujeito ativo e sujeito passivo da infração penal. Tipicidade, ilicitude, culpabilidade, punibilidade. Crimes: Crimes contra Pessoa, Crimes Contra o Patrimônio, Crimes contra a fé pública, Crimes contra a administração pública, Concurso de pessoas.
3.2 Noções de Direito Processual Penal: Do inquérito policial: artigos 06 e 07. Do exame de corpo de delito e das perícias em geral: artigos 158 a 184. Incompatibilidade, impedimento e suspeição: artigos 112, 254 a 256. Dos peritos e intérpretes: artigos 275 a 281. 3.4 Noções de Direito Administrativo: Princípios Básicos da Administração Pública. Atos Administrativos: conceitos, requisitos, atos ordinatórios e invalidação. Servidores Públicos Civis: deveres, direitos e responsabilidades.
3.5 Legislação Especial: Lei 8.666/93 artigos 01 a 06 e 20 a 26, Lei 10.826/03 (Estatuto do Desarmamento), Lei 11.340/06 (Maria da Penha), Lei 11.343/06 (Drogas), Código de Transito Brasileiro (art. 302 ao 312‐A), Lei 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente– Da prática de ato infracional, dos crimes em espécie e das infrações administrativas). Constituição do Estado de Santa Catarina: artigos 105 e 109‐A. Norma que dispõe sobre o quadro de pessoal dos servidores do Instituto Geral de Perícias (Lei nº 15.156/10), Lei Complementar 610/13, Lei 16.772/16. ei 12.737/12 (Lei Carolina Dieckmann), Lei12.527/11 (Lei de Acesso à Informação), Lei 8.072/90 (Lei dos Crimes Hediondos).

4.Noções de Lógica: Proposições e Conectivos; Operações Lógicas sobre Proposições; Tabelas Verdade; Tautologias, Contradições e Contingências; Implicação Lógica; Equivalência Lógica; Álgebra das Proposições; Método Dedutivo.

5.Noções de Informática: Noções de Sistema Operacional; Edição de textos, planilhas e apresentações; Redes de Computadores (Conceitos básicos,ferramentas, aplicativos e procedimentos de internet e intranet, VPN, VoIP, Grupos de Discussão, Redes Sociais, Computação na Nuvem, Programas de Navegação, Deep Web, Dark Web, Conceitos de Organização e de Gerenciamento de Informações, Arquivos, Pastas e Programas); Segurança da Informação (Procedimento de Segurança, Noções de Vírus, Worms, Pragas Virtuais, Aplicativos para Segurança – Antivírus, Firewall, Anti Spyware, Procedimentos de Backup, Armazenamento de Dados na Nuvem); Celulares, Tablets e suas Tecnologias, Biometria, Moedas Virtuais.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Código de Ética Odontológica. Perícia odontológica na esfera penal. Documentos medicolegais e odontolegais. Traumatologia forense: Conceitos fundamentais; Estudo das lesões causadas por instrumentos perfurantes, cortantes, contundentes, cortocontundentes, perfurocontundentes, perfurocortantes. Agentes físicos não‐mecânicos: lesões causadas por temperatura, eletricidade, pressão atmosférica, explosões, energias ionizantes e não‐ionizantes. Asfixiologia: enforcamento, estrangulamento, esganadura, sufocação, soterramento, afogamento, confinamento e gases inertes. Tanatologia forense: Conceitos fundamentais. Perinecroscopia. Sinais de morte; lesões vitais e pós‐mortais. Cronotanatognose e alterações cadavéricas; tafonomia. Princípios de identificação humana. Antropologia forense. Conceitos fundamentais. Exumações em sepulturas regulares ou clandestinas; técnicas de escavação em sepulturas coletivas (valas comuns). Ossadas: principais métodos para diagnóstico da espécie. Estimativa do sexo, da idade, da estatura, do fenótipo e da cor da pele por meio do estudo de ossadas e restos humanos. Estimativa de idade por meio do estudo dos dentes. Reconstrução facial forense. Marcas de mordidas: metodologias de coleta e estudo comparativo. Importância da interpretação radiográfica e exames de imagem na identificação odontológica. Desastres em massa. Conceituação e classificação. Planos de contingência. Importância da odontologia nos desastres de massa. Protocolos de identificação de vítimas de desastre. Noções de dactiloscopia. Lesões corporais. Conceitos e legislação; Perícias odontológicas das lesões do aparelho estomatogmático. Traumatismo dentário. Avaliação do dano em odontologia. Noções de genética forense. Técnica de PCR. Técnicas de identificação utilizando o DNA. Técnicas de coleta e armazenamento de vestígios biológicos. Sexologia forense: estupro. Lei nº 5.081/1966 (regulamenta o exercício da odontologia no Brasil)







Os vídeos possuem duração aproximada de 30 minutos. Cada aula pode ser visualizada por duas vezes. A aula é considerada como visualizada a partir do encerramento do vídeo ou da finalização da sessão na qual o aluno está conectado ao ambiente do curso. Não é possível o acesso de dois IPs simultaneamente (utilizando o mesmo usuário)





Tags do produto

Use espaços para separar tags. Use aspas simples (') para frases.


SiteLock